top of page
  • Foto do escritorSHALOM

OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES

São uma série de episódios arcaicos ligados entre si por uma narrativa contínua, relativa a uma penitência que teria sido cumprida por um dos maiores heróis gregos, Héracles, mais conhecido em português pela romanização Hércules. Os antigos gregos atribuíam o estabelecimento de um ciclo fixo de doze trabalhos a um poema épico, a Heracleia, já perdido, escrito por Peisândro de Rodes, e que dataria de 600 a.C.



1. Matar o Leão de Nemeia. Hércules o estrangulou.

2. Destruir um monstro de sete cabeças que cuspia fogo. O monstro era a Hidra de Lerna, que Hércules matou.

3. Capturar a corça de Gerínia. Hércules a capturou via, sendo que ela tinha chifres de ouro e pés de bronze.

4. Acabar com um javali selvagem gigantesco. Hércules capturou vivo o Javali de Erimanto.

5. Limpar em um só dia o curral do rei Augeasos. Hércules limpou o estábulo que já não havia sido limpo nos últimos 30 anos, e no qual havia três mil bois.

6. Acabar com as aves do lago Estinfale. Hércules matou as aves antropófagas dos pântanos com flechas envenenadas.

7. Capturar um touro louco na Ilha de Creta. Hércules capturou o touro vivo, apesar do mesmo lançar chamas pelas narinas.

8. Eliminar as éguas do rei da tràcia. Hércules capturou as éguas antropófagas de Diomedes, domando-as.

9. Roubar o cinto de ouro da rainha Hipólita. Hércules conseguiu, após longas batalhas obter o cinturão de Hipólita, rainha das Amazonas.

10. Capturar os bois selvagens de Gerião, da Ilha de Eritheia. Hércules capturou o rebanho dos bois vermelhos, após ter matado Gerião, que tinha três corpos.

11. Roubar as maçãs douradas das ninfas no Jardim das Espérides. Hércules recuperou as três maçãs de ouro do Jardim por intermédio de Atlas.

12. Capturar Cérbero, o cão de três cabeças, guardião das portas do inferno. Hércules capturou o cão, que além das três cabeças, tinha cauda de dragão e pescoço de serpente.


Ao realizar as 12 tarefas, além de se redimir pela morte de sua esposa e de seus filhos, Hércules conquistou a imortalidade.

Casou-se com Djanira, que sem querer lhe causou a morte. Na condição de imortal, Hércules foi transportado para o Olimpo, onde se casou com com a deusa da juventude, Hebe.

www.infoescola.com/mitologia.grega/hercules Acesso em 22.02.2020 às 18h23m.


CONSIDERAÇÕES RELEVANTES: É importante trabalhar este mito no sexto ano. Ao longo do Ensino Fundamental II, podemos voltar com o mito e resgatar alguns valores tais como:


OBEDIÊNCIA= sendo filho de Zeus ele não precisava se submeter a tamanho sacrifício. Vivemos numa sociedade em que os jovens não querem ser contrariados ou submetidos a qualquer privação.

CORAGEM= enfrentar dificuldades que se apresentam em nossa vida, cada um dos doze trabalhos pode ser comparado às dificuldades que todos nós vivemos em nossas famílias. Podemos citar como exemplo: problemas de saúde, desemprego, drogas, etc.

JUSTIÇA E HUMILDADE= no mito Hércules era amado pelos gregos. Soldados, generais, anciãos, crianças, mulheres...era o homem mais forte de Atenas, querido, admirado por todos. Não gostava de injustiça, defendia os mais fracos, mais pobres, sempre ajudava a todos que precisavam de sua força. Mesmo assim aceitou limpar os estábulos do rei Augeasos. Cumpriu a missão que lhe foi dada sem reclamar. Podemos lembrar as pessoas não querem arrumar seu próprio quarto, limpar sua desordem, organizar suas coisas.

Nessa perspectiva podemos apresentar os valores de forma interessante e nobre.


97 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Post: Blog2_Post
bottom of page