top of page
  • Foto do escritorSHALOM

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS

(EF07ER05X) Elencar e discutir estratégias que já foram utilizadas, mas também novas formas criativas que promovam o diálogo e a convivência ética e respeitosa entre as religiões e filosofias de vida.

A Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH), que delineia os direitos humanos básicos, foi adotada pela Organização das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948. Foi esboçada principalmente pelo canadense John Peters Humphrey, contando também, com a ajuda de várias pessoas de todo o mundo. Abalados pela recente barbárie da Segunda Guerra Mundial, e com o intuito de construir um mundo sob novos alicerces ideológicos, os dirigentes das nações que emergiram como potências no período pós-guerra, liderados por Estados Unidos e União Soviética, estabeleceram, na Conferência de Yalta, na Rússia, em 1945, as bases de uma futura paz mundial, definindo áreas de influência das potências e acertando a criação de uma organização multilateral que promovesse negociações sobre conflitos internacionais, para evitar guerras e promover a paz e a democracia, e fortalecer os Direitos Humanos.

O artigo 18º da Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH) afirma que

“toda pessoa tem direito à liberdade de pensamento, de consciência e de religião; este direito implica a liberdade de mudar de religião ou de convicção, assim como a liberdade de manifestar a religião ou convicção, sozinho ou em comum, tanto em público como em privado, pelo ensino, pela prática, pelo culto e pelos ritos”.

Neste ano em que se comemora o aniversário de 70 anos da DUDH, o Ministério dos Direitos Humanos (MDH) realiza uma série de ações para marcar a data e gravar os dizeres do documento. O Ministro dos Direitos Humanos, Gustavo Rocha, afirma que é importante que as pessoas reconheçam seus direitos em cada um desses artigos e, a partir dessas premissas, possam respeitar o direito do outro. Uma iniciativa do MDH é a 12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos que acontece desde o dia 15 de novembro e prossegue até 16 de dezembro em todas as capitais do país. A Mostra traz como tema os 70 anos da DUDH.

SUGESTÃO DE QUESTÕES

1. Onde e quando foi escrita a DUDH?

A Declaração Universal dos Direitos Humanos foi escrita na Rússia, em 1945, durante a Conferência de Yalta. Foi esboçada pelo canadense John Peters Humphrey com a ajuda de líderes de todo o mundo.


2. Qual é o seu propósito?

Ela foi escrita com o intuito de construir um mundo sob novos alicerces ideológicos, lançando as bases de uma futura paz mundial, definindo áreas de influência das potências e acertando a criação de uma organização multilateral que promovesse negociações sobre conflitos internacionais, para evitar guerras e promover a paz e a democracia, e fortalecer os Direitos Humanos.

3. O que motivou a criação da DUDH?

O que motivou a criação da Declaração dos Direitos Humanos foi a barbárie ocorrida durante a II Guerra Mundial. Podemos citar vários crimes de guerra como por exemplo, o extermínio de mais de seis milhões de judeus.


4. O que diz o Artigo 18º?

Ele afirma que : “toda pessoa tem direito à liberdade de pensamento, de consciência e de religião; este direito implica a liberdade de mudar de religião ou de convicção, assim como a liberdade de manifestar a religião ou convicção, sozinho ou em comum, tanto em público como em privado, pelo ensino, pela prática, pelo culto e pelos ritos”.


5. Explique a opinião do Ministro dos Direitos Humanos, Gustavo Rocha sobre o tema. Comente.

Segundo Gustavo Rocha: "é importante que as pessoas reconheçam seus direitos em cada um desses artigos e, a partir dessas premissas, possam respeitar o direito do outro."


6. Como foi a comemoração dos 70 anos da DUDH no Ministério dos Direitos Humanos no Brasil?

O Ministério dos Direitos Humanos (MDH) realizou uma série de ações para marcar a data e gravar os dizeres do documento. Entre eles a 12ª Mostra de Cinema.


7. PESSOAL. Além da liberdade religiosa, em sua opinião qual é outro direito humano importante?

Podem ser: Liberdade de pensamento e de expressão, liberdade de ir e vir, liberdade de gênero, direito a escola, moradia, saúde, segurança pública...etc....

8. PESSOAL. O processo de colonização impôs a religião católica no território brasileiro. Comente a negação das crenças indígenas e africanas.

O aluno precisa indicar em sua resposta que compreende que durante o processo de colonização houve um genocídio cultural, quando foram dizimados milhares de etnias indígenas e sua cultura. Assim como ocorreu com as etnias africanas que foram trazidas para o Brasil. Exemplo: No Brasil colônia e República Velha a capoeira era proibida, considerada crime, junto com suas crenças religiosas.


9. PESSOAL. Leia as informações abaixo e em seguida responda: Você já participou de cerimônias religiosas ecumênicas? Comente ou dê um exemplo.

 Ecumenismo é o processo de busca unitário. O termo ecumênico provém da palavra grega οἰκουμένη (oikouméne), significa mundo habitado. Num sentido mais restrito, emprega-se o termo para os esforços em favor da unidade entre igrejas cristãs; num sentido lato, pode designar a busca da unidade entre as religiões.
O Dicionário Aurélio define ecumenismo como movimento que visa à unificação das igrejas cristãs (católica, ortodoxa, luterana, anglicana e protestante). A definição eclesiástica, mais abrangente, diz que é a aproximação, a cooperação, a busca fraterna da superação das divisões entre as diferentes igrejas cristãs.
                                                                                        wikipedia, acesso em 24/06/20, às 16h40.

Podemos citar como exemplos: cerimônias de casamento, formaturas. Em Divinópolis ocorre todos os anos uma Cerimônia Ecumênica pela Cidade, muito bonita, na Praça Dom Cristiano. Quando se iniciaram as obras da Cruz dos Povos houve uma cerimônia ecumênica também.


10. PESSOAL. Você já conhecia a DUDH?

( ) Sim ( ) Não



Para seu aluno acesse o arquivo:

DECLARAÇÃO_UNIVERSAL_DOS_DIREITOS_HUMA
Download • 87KB

347 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page